Como escolher o sapato certo para valorizar seu tipo de corpo.

março 23, 2012 Nilda Silva 0 Comentários


Olá pessoal, boa tarde!

A consultora de moda Bia Kawasaki cita quatro tipos de sapato que valorizam seu tipo de corpo

Veja algumas dicas de sapatos curingas que vão ajudar a acertar nos sapatos
Foto: Reprodução
Assim como as roupas, os sapatos também valorizam o tipo de corpo das mulheres. Eles ajudam a alongar a silhueta, acentuam as curvas e complementam o look. Se você fica na dúvida sobre qual sapato combina mais com seu tipo de corpo, a consultora de moda Bia Kawasaki (SP) dá uma forcinha com quatro dicas básicas de sapatos curingas para acertar no visual.

"Considero os sapatos peças-chave no guarda-roupa", afirma Bia. De acordo com ela, o interessante é investir em sapatos confortáveis e corretos para cada ocasião.  "Não é necessário ter vários tipos de pares, mas sim ter poucos calçados que sejam bons e práticos", completa.

Confiras os sapatos certos para o seu tipo de corpo:

Saltos
Saltos agulha são indicados para ambientes formais, como formaturas, festas, etc. Já os saltos quadrados podem ser usados em ambiente de trabalho ou no dia a dia e combinam com qualquer biotipo.

"Saltos anabela são esportivos, ou seja, devem ser usados em ambientes informais", explica a consultora. Este tipo de salto deve ser evitado por quem tem os tornozelos grossos. "As mulheres que têm este biotipo devem evitar qualquer tipo de sapato que amarre os tornozelos, ou tenha algum detalhe que deixe esta região em evidência", indica.

Rasteirinhas

As sandálias baixas e rasteirinhas devem ser usadas em ambientes fora do trabalho, pois são sapatos para um momento mais light, como em campos, praias, uma voltinha ao shopping,  um piquenique, etc.

Bia indica as rasteirinhas tanto para as mais altas, quanto para as baixinhas, que não devem temer calçados sem saltos. "Existe um mito de que as mulheres de menor tamanho devem investir somente nos saltos. Elas podem apostar, sem medo, em sandálias ou sapatos baixos e combiná-los com calça capri, shorts ou macaquinho", finaliza.

Sapatilhas
"As sapatilhas podem ser usadas no trabalho - exceto em casos mais formais, como os das executivas - e de vez em quando, substituir os saltos", comenta Bia. Para suprir a formalidade do salto, as sapatilhas têm que ser de couro, verniz, ou estar acompanhada de um detalhe sóbrio na ponta ou lateral do sapato, como fivelas, ou laços.

Estes calçados são indicados para mulheres altas, baixa, magrinhas ou mais cheinhas. O importante é só tomar cuidado com o modelo do calçado. "Se você olha no espelho e pensa que está indo para a feira, descarte de cara a sapatilha para ir ao trabalho. Também não indico os calçados de plástico. Estes são para ocasiões mais informais: para ficar em casa, ir ao supermercado, etc", completa a especialista.

Botas
Botas montarias são ótimas companheiras de campo ou para um passeio na cidade. Mas, quando o assunto é trabalho, estes calçados devem estar descartados do armário. "Em ambientes formais, o melhor é apostar em botas com saltos", afirma Bia.

A maioria das botas é indicada para todos os biotipos, exceto as ankle boots, que não combinam com tornozelos mais grossos, pois dão o efeito de volume. "Mulheres com a canela mais fininha podem investir em botas com fivelas laterais, ankle boots, sapatos que amarrem no tornozelo, etc", completa a especialista.

Tênis
"Tênis esportivo deve ser usado em ambiente de esporte e somente lá", afirma Bia. De acordo com a consultora, os tênis são mais indicados para momentos de lazer, como parques, em casa, ou atividades físicas.

Mesmo assim, quem quiser arriscar usar o tênis em ambientes de trabalho, Bia indica os sapatênis. “Eles devem ser usados apenas em momentos específicos, como a sexta causal, e sem meia nos pés”, recomenda a consultora de moda. Na rotina de trabalho, ou em ambientes muito formais (mesmo em dia de sexta casual), é melhor não invetir nos pisantes.

Fonte: Corpo a Corpo

0 comentários: